A Moda Brasileira

 

A história da moda brasileira começou ainda na época da Colônia. O país, há mais de 500 anos, herdou a cultura europeia. Ela chegou aqui por meio dos portugueses, mas as gritantes diferenças de clima entre as regiões mostraram haver uma forte inadequação, e um momento de adaptação iniciou-se.

Devido ao calor as roupas começaram a perder volume e estrutura, mas ainda seguindo as referências estéticas da Europa. Porém, com a chegada da Primeira Guerra Mundial a moda do planeta se reformulou. Para o Brasil, mais especificamente por volta de 1900, onde começaram a surgir as primeiras confecções nacionais.

A carência de matéria-prima durante a guerra impulsionou a indústria têxtil, que começou a buscar soluções para substituir os tecidos importados. Nesse período como a mulher passou a fazer parte do mercado de trabalho, as roupas ficaram mais práticas, onde apareceram os tailleurs, as saias ficaram mais curtas e as vestes ganharam cortes masculinos.

A indústria têxtil e a moda são parceiras que andam de mãos dadas. A cada dia surgem novas tendências, maneiras de otimizar a produção e potencializar os resultados. Por isso, o segmento está sempre passando por transformações.

Nosso país é o quarto maior produtor e consumidor de denim do mundo e o quarto maior produtor de malhas do planeta, além de ocupar papel de referência mundial em design de moda praia, jeanswear e homewear, tendo crescido também nos segmentos de fitness e lingerie.